Deus tem um amor apaixonado por você, de acordo com Santa Margarida Maria Alacoque

0
8
Deus tem um amor apaixonado por você, de acordo com Santa Margarida Maria Alacoque
Deus tem um amor apaixonado por você, de acordo com Santa Margarida Maria Alacoque
Quando pensamos no amor de Deus, nem sempre usamos a palavra “paixão”. No entanto, essas foram as palavras exatas que Jesus usou ao descrever seu amor pela humanidade em uma revelação particular a Santa Margarida Maria Alacoque, uma mística religiosa da Igreja do século 17.

Foi durante a primeira revelação sobre devoção ao Sagrado Coração de Jesus, e foi assim que a visão começou. A santa relata:

Uma vez diante do Santíssimo Sacramento e tendo um pouco mais de tempo do que o habitual, senti-me completamente preenchida por esta Presença Divina, e por tanta força motivada por ela que me esqueci de mim e do lugar em que estava. Abandonei-me a este Espírito Divino e entreguei meu coração ao poder do Seu amor. Ele me fez descansar por muito tempo em Seu seio divino, onde me desvelou as maravilhas de Seu amor e os segredos inexplicáveis ​​de Seu Sagrado Coração, que até então Ele havia escondido de mim.

Então Jesus falou com Santa Margarida Maria, enquanto ela estava deitada perto do coração dele.

Meu Coração Divino ama tão apaixonadamente a [humanidade] que não pode mais conter em si as chamas de sua ardente caridade. Deve manifestar-se a eles para enriquecê-los com seus preciosos tesouros, que contêm todas as graças de que eles precisam ser salvos.

Essa é uma das razões pelas quais Jesus se revelou com o coração fora do corpo. Isso simboliza como Jesus não pôde conter seu amor por nós e seu coração literalmente explodiu em seu peito, um símbolo de seu amor apaixonado.

Muitos santos também refletiram sobre o amor de Jesus, conectando-o ao livro do Antigo Testamento intitulado Cântico dos Cânticos. Nele, os apaixonados representam o intenso amor que Deus tem por cada um de nós.

A revelação do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria é um grande lembrete para nós, dissipando quaisquer falsas imagens de Deus que possamos ter. Ele não é um Deus zangado que procura nos destruir, mas um ser amoroso que deseja nossas almas, esperando preenchê-las com sua alegria.

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade