Foi Jesus mesmo quem afirmou que São Judas é “padroeiro das causas impossíveis”

0
6
Foi Jesus mesmo quem afirmou que São Judas é “padroeiro das causas impossíveis”
Foi Jesus mesmo quem afirmou que São Judas é “padroeiro das causas impossíveis”
São Judas Tadeu, um dos Doze Apóstolos de Cristo, é venerado pelos católicos como “padroeiro das causas impossíveis“. Mas de onde lhe veio tal atribuição?

A resposta não poderia ser mais elevada: do próprio Jesus Cristo!

1 – A aparição de Jesus a São Bernardo de Claraval

De acordo com a tradição, durante uma das suas aparições a São Bernardo de Claraval no século XII, Jesus pediu ao santo abade que aceitasse São Judas Tadeu como santo padroeiro do impossível. Desde então, São Bernardo passou a venerar muito devotamente a sua relíquia, a ponto de pedir que o enterrassem com ela quando chegasse a sua hora de partir desta vida.

2 – A aparição de Jesus a Santa Brígida

A grande mística italiana Santa Brígida, do século XIV, também recebeu a graça de várias aparições de Jesus, que, numa delas, citou São Judas Tadeu:

“Tal como indica o seu sobrenome, Tadeu, ‘amável’, ‘amoroso’, ele estará disposto a ajudar”.

Em outra visão, Jesus pediu que Santa Brígida dedicasse a São Judas um altar na sua igreja:

“O quinto altar deve ser reservado a Tadeu, que, pela sua pureza de coração, certamente vencerá o diabo”.

_________

Com informações de ChurchPop

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade