Por que os ouvidos doem em viagens de avião – e como amenizar isso | Acredite ou Não

0
8
Por que os ouvidos doem em viagens de avião   e como amenizar isso
Por que os ouvidos doem em viagens de avião e como amenizar isso

Se você já viajou de avião, com certeza já deve ter ficado incomodado com aquelas dores nos ouvidos durante o momento do pouso e da decolagem. Entenda abaixo por que isso acontece e como você pode dar uma amenizada nesse problema a cada viagem.

Antes de explicarmos o que acontece, é importante entender como que nossos ouvidos funcionam. O famoso tímpano, que está no final do canal auditivo e capta as vibrações do ar que serão transformadas em som, também é uma espécie de “separação” do ouvido médio. É lá que está uma das extremidades da chamada Trompa de Eustáquio, um canal que vai do nariz até a garganta por onde o ar circula.

E é justamente esse canal que permite ao ar entrar e sair do ouvido e permite que a pressão interna se ajuste com a externa.

No momento em que o avião soube ou desce, ocorre uma mudança brusca de pressão. Assim, a trompa se fecha o tímpano se retrai, causando essa famosa dor.

Na decolagem, a pressão na cabine é menor que a do ouvido, o que faz o tímpano inflar para fora. Na descida, ocorre o oposto: a pressão na cabine é maior e o tímpano é empurrado para dentro.

E como amenizar esse problema

Para conseguir amenizar essa dor, o jeito é fazer o ar circula pela Trompa de Eustáquio. Uma forma de fazer isso é estimular a deglutição (como mascar um chiclete) ou tapar o nariz, da mesma forma que mergulhadores, já que isso força a ventilação interna.

Veja também:   Do lobo ao pug: entenda como ocorreu a evolução dos cães

Por conta dessa segunda opção, viajar de avião com um resfriado não é uma opção muito legal, já que a dor só pode piorar. Uma opção é usar um descongestionante antes de viajar de avião.

Também é preciso ter uma atenção especial com crianças, já suas Trompas de Eustáquio são menores e a musculatura também é mais frágil.