- PUBLICIDADE -
Notícias Distrito Federal Mais luz para as escolas e quase 7 mil...

Mais luz para as escolas e quase 7 mil lâmpadas trocadas – Agência Brasília

-

O Guará é cidade que teve o maior número de postes com luzes trocadas: 1.552| Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Mais visibilidade e maior segurança no perímetro escolar. Pensando nisso, a Companhia Energética de Brasília (CEB) concluiu a troca da iluminação pública que circunda escolas de 13 regiões administrativas (RAs) do DF. Uma medida contra a criminalidade e que representa uma significativa redução de gastos com energia.

O investimento do governo é de R$ 3,99 milhões na troca de 6.459 luminárias nas áreas escolares. Tudo dentro do programa Luz que Protege, que faz a substituição de lâmpadas convencionais, de vapor de sódio, pelas modernas, de LED. E que só trazem vantagens: maior luminosidade, gasto de 40 % a menos de energia e, ainda, durabilidade duas vezes maior que as antigas.

Um dos colégios mais tradicionais do Guará, o Centro de Ensino Médio 1 (CEM 1), também chamado de “GG”, está na lista dos beneficiados. A cidade, por sinal, é a que teve o maior número de postes com luzes trocadas: 1.552. Toda a verba investida é proveniente da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) e de emendas parlamentares.

Ainda que as aulas presenciais estejam interrompidas pela pandemia, as atividades noturnas seguem no CEM 1. E, agora, mais claridade e sensação de segurança são a novidade no local. “Já tivemos muitos assaltos e arrombamento de carros, principalmente no estacionamento. Portanto, sempre pedimos por mais segurança e esse é um passo importante”, acredita a diretora da escola, Cynara Martins.

Sabemos como é importante para os alunos, que representam as nossas futuras gerações, terem a segurança de caminhar até a escola com uma iluminação pública de qualidade, como as luminárias de LED fornecemEdison Garcia, presidente da CEB

“Trazer mais claridade, as pessoas circularem com mais tranquilidade, tudo isso é excelente”, complementa. As aulas de capoeira, futsal e o programa Ginástica nas Quadras já retornaram normalmente no GG. E a escola, que teve as dependências reformadas em junho, ganha de brinde também uma nova iluminação na pública em seu território. Cerca de 1,3 mil alunos estudam no local.

O Luz que Protege mapeia em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública áreas sensíveis aos maiores índices de criminalidade e tráfego de pessoas. A partir daí,  as melhorias na iluminação são implantadas | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Eficientização na iluminação

Segundo o presidente da CEB, o Luz que Protege mapeia em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública áreas sensíveis aos maiores índices de criminalidade e tráfego de pessoas. E, a partir daí, emplaca as melhorias. “Sabemos como é importante para os alunos, que representam as nossas futuras gerações, terem a segurança de caminhar até a escola com uma iluminação pública de qualidade, como as luminárias de LED fornecem”, lembra Edison Garcia.

De acordo com Garcia, os investimentos giram em torno de R$ 10 milhões em 2020 nesse projeto, voltado para eficientização da iluminação pública. Áreas próximas a UPAs, hospitais públicos, feiras e praças também vêm sendo contemplados.

E além da fórmula “mais eficiência-menos consumo”, a luminosidade também é melhor para quem dirige. “A claridade é muito superior para aquele que procura um endereço, ou uma referência dentro do veículo. Não dá para comparar”, explica o diretor técnico de iluminação da CEB Holding, Fabiano Cardoso. “O objetivo é retomar em janeiro e estender às áreas escolares das outras RAs ainda não-atendidas”, finaliza o diretor.

Galeria de Fotos

Quase 7 mil lâmpadas trocadas e mais luz para as escolas

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -

Continue LendoRELACIONADAS
Recomendado para você